Quando a Lua, em seu ciclo mensal, se afasta da Terra, o efeito no crescimento das plantas pode em alguns aspectos ser comparado ao da época do ano quando a Terra está mais distante do Sol, o afélio ( no Hemisfério Norte coincide com o verão). a tendência

Já que a órbita da Lua ao nosso redor é elíptica, a distância entre a Terra e a Lua não é sempre a mesma. As alussinagens, por exemplo, foram sempre realizadas quando a Lua estava mais próxima da Terra (perigeu), pois então ela está quarenta mil quilômetros mais perto do que no apogeu!

Quando a Lua, em seu ciclo mensal, se afasta da Terra, o efeito no crescimento das plantas pode em alguns aspectos ser comparado ao da época do ano quando a Terra está mais distante do Sol, o afélio ( no Hemisfério Norte coincide com o verão). a tendência, então no mundo das plantas é produzir sementes, enquanto que as forças de crescimento diminuem. Assim o efeito do apogeu lunar nas plantas de semente pode ainda ser comparativamente benéfico. Para a semeadura de culturas de folha, porém, este período é definitivamente desfavorável. Cenouras semeadas nestes dias ficam facilmente lenhosas. A única planta a reagir positivamente quando plantada no apogeu é a batata.

O perigeu lunar, que pode ser comparado ao periélio, quando a Terra está mais próxima do Sol, tem um efeito bem diferente. Se prepararmos uma sementeira e a semearmos nesse dia, a germinação será fraca. a maioria dessas plantas será de algum modo inibida so seu crescimento e estará mais sujeita a ataques de fungos e pragas.

Os dias de apogeu são geralmente limpos e claros, enquanto que os de perigeu são fechados, pesados ou chuvosos.

A vida vegetal se desenvolve na harmoniosa interação entre a Terra e o Sol. Com suas raízes a planta é atraída para dentro do domínio terrestre; acima do chão ela se entrega ao Sol. Este balanço harmonioso é alterado através das forças da Lua no perigeu e apogeu. Isto pode, também, ser claramente observado em pesquisas – plantas semeadas no apogeu são como puxadas para fora do espaço terrestre a que pertencem, enquanto que aquelas semeadas no perigeu não conseguem se colocar bem em seu próprio impulso solar.

Surgiu daí uma nova questão, que exigiu novos experimentos: até que ponto esses obstáculos podem ser superados pela aplicação dos Preparados Biodinâmicos 500 e 501? Experimentos anteriores foram então confirmados: o que os sprays biodinâmicos realmente fazem é fortificar os efeitos cósmicos já presentes em qualquer dia em particular.