Como a maioria dos seres vivos, as plantas devem unir as células masculinas e femininas para reproduzir a espécie. Mas as plantas têm um problema particular depois que seus ovos são fertilizados: como espalhar as sementes?

Não podendo se deslocar, os vegetais evoluíram com vários métodos de difusão da descendência. Há sementes que apenas caem ao chão. Outras navegam pelo ar em minúsculos paraquedas ou asas. Outras flutuam nas ondas dos oceanos. Mas os métodos mais notáveis são as associações entre plantas e animais, que podem transportar as sementes para novos terrenos.

Muitas plantas geram ao redor de suas sementes frutos nutrientes, em geral coloridos ou cheirosos, atraindo assim pássaros e mamíferos. Ao comer o fruto, os animais transportam as sementes. Alguns engolem as sementes, que mais tarde são eliminam com as fezes. Em outros casos, as sementes aderem aos bicos, plumagens, pelos ou patas e vão cair mais tarde, longe da planta mãe.

As sementes em forma de noz são particularmente nutritivas, e por isso são procuradas por muito animais, que, às vezes, após consumi-las levam outro tanto para armazenar e comer mais tarde. As nozes que não são comidas podem germinar, criando novas plantas e recomeçando o ciclo.